Aos alunos de Modelos Econômicos de Processos Políticos, Seminário de Política e Economia e Micro 3/Teoria dos Jogos

Caro(a)s aluno(a)s de Modelos Econômicos de Processos Políticos,

A aula desta quinta-feira, dia 17/8/2017, às 18:30, será excepcionalmente ministrada na Sala de Reuniões número 1, no corredor interno da FACE, entrada ao lado das secretarias dos departamentos.

Caro(a)s aluno(a)s de Seminário de Política e Economia; de Processos Políticos e de Micro3:

O seminário da semana será excepcionalmente realizado no auditório do IPOL nesta quinta-feira 17/8/2017 às 16:00, conforme descrito abaixo.

Att, Maurício Bugarin

 

 

Seminário na CODEPLAN: “Uma proposta metodológica para a Auditoria de Obras Públicas no Distrito Federal”

Todos serão bem vindos!

Seminário EPRG: Hirokazu Kikuchi, Quinta, 17/8/2017, 16hs

O Economics and Politics Research Group (EPRG, http://www.econpolrg.com), tem o prazer de convidá-lo(a) para o Seminário de seu Ciclo 2017-II de Seminários de Pesquisa, descrito a seguir.

ATENÇÃO: EXCEPCIONALMENTE NO AUDITÓRIO DO IPOL/IREL

Apresentador: Hirokazu Kikuchi, Institute of Developing Economies, IDE-JETRO, Japan
Título: The Representation of East Asia in Latin American Legislatures
Data: QUINTA-FEIRA, 17 DE AGOSTO DE 2017
Horário: 16h-18h
Local: Auditório do IPOL/IREL, Universidade de Brasília, Campus Darcy Ribeiro, Asa Norte, Brasília

OS INTERESSADOS PODEM SE INSCREVER NO EVENTO PARA OBTER CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO. PARA SE INSCREVER, ACESSE ESTE LINK.

O programa completo do Ciclo 2017-II de Seminários de Pesquisa do EPRG está disponível no site do grupo: http://www.econpolrg.com/seminars

Organizadores: Mauricio Bugarin (ECO/FACE, chair), Ana Carolina Zoghbi (FACE), André Borges (IPOL), Daniel Reiss (BACEN), Ricardo Araújo (FACE), Maria Eduarda Tannuri-Pianto (FACE), Rafael Terra (FACE), Marilson Dantas (FACE), Moisés Resende Filho (FACE)

The Economics and Politics (CNPq) Research Group presents:

The Representation of East Asia in Latin American Legislatures
Hirokazu Kikuchi, Institute of Developing Economies, IDE-JETRO, Japan
THURSDAY, August 17, 2017
4-6 pm
IPOL/IREL Auditorium
University of Brasilia

The event is open to all interested participants. YOU CAN NOW REGISTER IN ORDER TO GET A PARTICIPATION CERTIFICATE. TO REGISTER, PLEASE CLICK HERE.
The complete seminar schedule is available here (https://econpolrg.com/seminars/)
Organizers: Mauricio Bugarin (ECO/FACE, chair), Ana Carolina Zoghbi (FACE), André Borges (IPOL), Daniel Reiss (BACEN), Ricardo Araújo (FACE), Maria Eduarda Tannuri-Pianto (FACE), Rafael Terra (FACE), Marilson Dantas (FACE), Moisés Resende Filho (FACE)

Material de Modelos Econômicos de Processos Políticos disponível

Caro(a)s aluno(a)s de Modelos Econômicos de Processos Políticos:

O material referente à primeira aula se encontra disponível na página da disciplina.

Na próxima aula, dia 17/10, estudaremos o capítulo 2 do livro-texto.

Locais para as aulas de hoje: Modelos Econômicos de Processos Políticos e Seminários

Caro(a)s aluno(a)s de minhas disciplinas de pós-graduação do segundo semestre de 2017.

Modelos Econômicos de Processos Políticos 332712 (Top.Esp.Mét.Analise Eco.)

Seminário de Política e Economia 332445

As disciplinas se iniciam hoje, dia 10/9/2017, conforme calendário.

A disciplina de Seminário de Política e Economia será ministrada hoje às 16 horas na sala 06/23, no próprio prédio da FACE, no andar de cima.

A disciplina de Modelos Econômicos de Processos Políticos será ministrada às 18h30 EXCEPCIONALMENTE no Laboratório de Informática de Administração, também no próprio prédio da FACE, andar de cima. Haverá outra sala provisória para a aula do dia 17/8, sendo que as demais serão ministradas na sala 06/52, no mesmo corredor da FACE.

Até mais tarde!

Maurício

 

In the media: Correio Braziliense, Jornal JK FM, UnB-TV

O Jornal Correio Brasiliense publicou hoje, 7 /8/2017, artigo co-autorado por Débora Costa e Fernando Meneguin intitulado: “O papel do Judiciário na (ir)responsabilidade fiscal“.

Na quinta-feira, 3/8/,2017 fui entrevistado no Programa Ponto e Vírgula da Radio JK FM por Estevão Damázio a respeito do efeito na economia da vitória do presidente Temer no Congresso. 

No dia 24 de julho participei do programa  Agenda Política: Semana de 24 a 30 de julho da UnB-TV.

Publication in Direito GV: “Ética & incentivos: devemos recompensar quem denuncia corrupção?”

O artigo “Ética & incentivos: devemos recompensar quem denuncia corrupção?” co-autorado por Tomás Bugarin, foi publicado, como leading article,  na revista Direito GV.

Resumo

Tendo como objeto o Projeto de Lei 857/2012 aprovado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal em 2013, este artigo analisa o princípio da compensação pecuniária ao cidadão que denuncia corrupção, sob a ótica da Teoria de Desenhos de Mecanismos e do Direito. Um modelo de Teoria da Decisão estabelece um potencial conflito para o cidadão entre a satisfação com o benefício monetário auferido pela denúncia (“incentivo pecuniário”) e a insatisfação com o sentimento de estar sendo pago ao exercer seu dever cívico (“desincentivo moral”). Mostra-se que, quando há heterogeneidade na sociedade, o efeito incentivo pecuniário domina e a introdução da compensação é benéfica para a sociedade. Além disso, propomos uma alteração no PL que transforma o desincentivo moral em incentivo à dedicação ao controle da corrupção. Finalmente, por meio da análise de Leis e de estudos de caso confirmamos que tal mecanismo, além de ser compatível com o ordenamento jurídico brasileiro, de fato, já é aplicado em diferentes situações no país.

Palavras-chave: Análise econômica do Direito; Controle social da corrupção; Incentivos; Dever cívico; Ética.

The paper “Ética & incentivos: devemos recompensar quem denuncia corrupção?”, co-authored with Tomas Bugarin has just been published  in Direito GV as the leading article.

Abstract

This article presents an applied mechanism design and a legal analysis of a bill proposed into law by the Brazilian Federal District House of Representatives in 2013. The bill offers monetary rewards for citizens that denounce corruption. In our decision-theoretic model, corruption control may give the citizens utility due to their civic responsibility feeling. The main trade-off brought about by the reward mechanism is that, by receiving compensation, citizens’ civic impulse to dedicate effort to curb corruption may be reduced. However, our model shows that if society is heterogeneous enough, the monetary reward motive dominates and the bill fosters social involvement. Furthermore, we propose a mechanism that transforms the moral dissatisfaction of receiving money into a moral incentive to dedicate to corruption control. Finally, a careful analysis of the Law and of a series of case studies in Brazil suggest that such a mechanism does not violate the Constitution and, furthermore, has actually been used under different forms in the Brazilian legal system.

Keywords: Law and Economics; Social control of corruption; Incentives; Civic duty; Moral.