ATENÇÃO FORMANDOS 2018-II: Data da Colação de Grau definida para 29/3/2019

Caros formandos 2018-II,

Está definida a data da colação de grau. Será na sexta-feira, dia 29/03/2019. Está devidamente reservado o Auditório Verde da FACE para a cerimônia de formatura.

Nas consultas que lhes fiz no final do ano passado, os formandos Igor Caldeira de Morais, João Vitor Cunha Alonso e Lucas Cavalcante Correa se dispuseram a participar da comissão de formatura.

Caso mais algum formando tenha interesse em participar dessa comissão, este é o momento de se manifestar. Se esse for seu caso, por favor, me avise por e-mail em maubug@gmail.com

Atenciosamente,

Maurício Bugarin, Comissão Organizadora da Colação de Grau ECO/UnB, 2018-II

 

In the Media: Jornal Folha de São Paulo

Foi publicado hoje, 18/01/2019 reportagem intitulada “Governadores eleitos em 2018 perdem um em cada quatro prefeitos aliados” no Jornal Folha de São Paulo. Foi entrevistado pela jornalista Carolina Linhares para essa matéria. O texto diz que: “Bugarin é autor de uma tese precursora sobre as transferências partidárias, ou seja, o fato de que repasses de verbas não obrigatórias tendem a manifestar uma preferência partidária. Prefeitos aliados do governador costumam receber mais recursos.” Leia a reportagem no link acima ou ainda aqui.

Consulte outras contribuições na mídia na aba “In the Media“.

Consulte minha agenda acadêmica na aba “Academic Agenda

Oferta de disciplinas para o semestre 2019-I disponível!

Caro(a)s aluno(a)s potenciais,

Já se encontram disponíveis na aba “teaching” de minha página as informações a respeito das disciplinas que estarei ministrando no primeiro semestre de 2019. Por favor, consultem os programas respectivos para determinar se lhes interessam. Se tiverem quaisquer dúvidas, favor me contactar no e-mail maubug@gmail.com.

As disciplinas foram selecionadas após manifestação de interesse por alguns alunos. São elas:

Na graduação:

Análise Microeconômica Avançada: Teoria dos Incentivos. Trata-se de um curso focado na moderna Economia da Informação e dos Incentivos que seguirá o excelente livro-texto de Laffont & Martimort intitulado “Theory of Incentives”.

No mestrado MESP:

Análise Microeconômica 2. Trata-se da segunda parte do curso de Análise Microeconômica e foca no estudo das fricções na economia que nos desviam do equilíbrio competitivo, incluindo a análise de monopólio, comportamento estratégico e oligopólio, bens públicos, externalidades e economia da informação e dos incentivos.

No mestrado e no doutorado:

Seminário de Política Econômica 1. Trata-se de uma disciplina de 2 créditos que tem por objetivo estimular a participação dos alunos de pós-graduação no programa de seminários do Pós-ECO (conjunto com o EPRG, Economics and Politics Research Group).

Teoria dos Jogos e Teoria dos Leilões. Trata-se da tradicional disciplina de Jogos do doutorado que, este ano, reservará aproximadamente um mês para um estudo mais aprofundado da Teoria dos Leilões a nível de pós-graduação.

Publicação do artigo: “Atuação do Poder Legislativo Estadual: Análise dos Incentivos dos Deputados Estaduais na Atividade Legislativa” na Revista Estudos Institucionais

O artigo: “Atuação do Poder Legislativo Estadual: Análise dos Incentivos dos Deputados Estaduais na Atividade Legislativa” coautorado com Débora Ferreira e Fernando Meneguin foi publicado na Revista Estudos Institucionais.

Resumo: Estudos empíricos explicitam a ineficiência das assembleias legislativas na produção de leis que impactem positivamente a sociedade. Nesse contexto, o presente estudo analisa a estrutura de incentivos que incide sobre os deputados estaduais e distritais no momento de propor projetos de lei, por meio da construção de modelagem econômica, a qual leva à conclusão de que o atual desenho institucional dos estados tem gerado incentivos para que esses deputados produzam leis particularistas, irrelevantes e/ou inconstitucionais. A partir da análise, conclui-se que de nada adianta expandir as atribuições constitucionais dos deputados estaduais se esses não possuírem competência técnica para elaborar leis e políticas públicas que melhorem o bem-estar da sociedade como um todo ou para realizar atividades fiscalizatórias e se o controle de constitucionalidade de leis estaduais não for efetivo.

Palavras-Chave: Análise Econômica do Direito; Federalismo; Autonomia federativa; Incentivos no Legislativo estadual.

Publicação do artigo “Energia Solar Fotovoltaica: presente ou futuro?” na revista Brasília em Debate

O artigo “Energia Solar Fotovoltaica: presente ou futuro?” coautorado com Vítor França foi publicado na revista Brasília em Debate, número 19.

Acesse o artigo aqui (revista completa), ou aqui (somente o artigo).

Atenção: Hoje! Lançamento dos números 19 e 20 da Revista Brasília em Debate, na CODEPLAN

Na ocasião haverá um debate sobre  Sustentabilidade e  Inovação na gestão governamental, onde cada articulista destas edições fará uma exposição  do seu artigo/ponto de vista.

Hoje, dia 18 de dezembro (terça-feira), às 10h00 no Auditório da Codeplan.

Estarei colaborando com a edição 19 com o artigo “Energia Solar Fotovoltaica: presente ou futuro?” co-autorado com Vítor França (ANEEL).

Todos estão convidados para participar do lançamento bem como do debate. Hoje, 18/12 às 10hs na CODEPLAN.

Atenção: Formandos ECO/UnB 2018-II

Estimado formando do ECO/UnB, período 2018-II.

Parabéns por atingir esta etapa importante de sua carreira!

Como deve ser de seu conhecimento, a administração superior decidiu devolver às unidades acadêmicas (no seu caso, a FACE), à revelia das próprias unidades, a responsabilidade de organizar as cerimônias de formatura de seus alunos a partir deste semestre.
Se, por um lado, termos a possibilidade de organizar nós mesmos a formatura nos dará a oportunidade única de fazermos um evento mais próximo de nossos interesses, por outro lado, há muitos desafios envolvidos.

Para conduzir esse processo, foi designada uma comissão no ECO constituída pelos professores José Guilherme de Lara Resende, Coordenador de Graduação, Daniela Freddo, Sara Costa, Secretária do ECO e eu mesmo, Maurício Bugarin, presidente da comissão.

Enviei mensagem de e-mail a todos aqueles que constam na lista de prováveis formando. No entanto, algumas mensagens voltaram.

Caso tenha recebido essa mensagem, e tenha respondido, por favor, aguarde nosso novo contato.

Caso tenha recebido a mensagem e ainda não tenha respondido, por favor, faça-o na maior brevidade possível.

Caso não tenha recebido essa mensagem, por favor, nos avise pelos e-mails maubug@gmail.com e economia@unb.br

Nossa prioridade no momento é a colação antecipada dos alunos que dela necessitam.

Gostaríamos ainda que os formandos constituíssem uma comissão  própria para que possamos juntos organizar a formatura.

Atenciosamente,

Maurício Bugarin

Presidente da Comissão de Formatura 2018-II

ECO/UnB